Tudo novo, de novo

by - segunda-feira, janeiro 26, 2015


Todo ano é a mesma coisa: É só fevereiro chegar e as academias ficam lotadas, os horários das nutricionistas cada vez mais apertados e as ciclovias movimentadas, numa animação típica de início de ano e, consequentemente, de novos hábitos. Não tem jeito: emagrecer é sempre uma das grandes promessas feitas ao pular as 7 ondinhas, e, cedo ou tarde, temos que assumir a responsabilidade pelo pedido e correr atrás do prejuízo das férias.

Pensando nisso, e tentando orientar aquelas que são novatas no mundo healthy e fitness que esteve tão em evidência em 2014, selecionei algumas dicas dignas de expert que acumulei nesses últimos 2 anos de reeducação alimentar e atividades físicas. Eu consegui, a Pugliesi conseguiu e tenho certeza que você é a próxima. Vem comigo!



Não vou mentir: Não vai ser fácil. No início, principalmente nas primeiras semanas, furar a dieta também vai ser comum. Mas isso nunca, nunquinha, pode se tornar um hábito. Embora as refeições off façam parte da reeducação, como veremos com mais detalhes adiante, é preciso equilibrá-las e moderá-las com uma alimentação saudável. A mudança de hábitos vem aos poucos, nos detalhes, e tem resultados significativos até em curto prazo.

Para começar, repense seus limites: até onde está disposta a ir por esse objetivo? É interessante traçar metas, buscar inspirações e, sempre, contar com a ajuda profissional de uma nutricionista e personal. Mas, além disso, a maior inspiração - e o maior incentivo, aliás - tem que vir de dentro de você mesma. Acredite! E força na peruca, é necessário suar.

Frutas, legumes e verduras são alguns dos alimentos que terão passe livre na sua dieta. Abuse das saladas, e, para acompanhar, não se entregue a molhos engordativos: vinagre e azeite bastam. Além disso, é interessante combinar as frutas com canela (termogênico natural!), cortar o sal da alimentação e beber bastante água.

Outra mudança fundamental é optar pelos cereais integrais, com mais fibras, e as chamadas fontes boas de carboidrato: batata doce, aipim, batata baroa. Esses, combinados principalmente com carne branca grelhada (frango ou peixe) e uma boa salada, serão seus principais aliados ao longo da dieta.

Nos intervalos (de 3 em 3 horas, lembra?), abuse das frutas, dos iogurtes e granolas diet, do queijo branco e dos pães integrais. Já no café, prefira a tapioca, o suco verde (tem muita receita boa na internet) e as frutas: Tudo para começar o dia com energia e bom humor.


Pesquisas demonstram que se exercitar por, no mínimo, 30 minutos todo dia, é benéfico não apenas para o físico em si, mas também para a saúde emocional e espiritual de cada um. E eu comprovo: depois de uma corridinha ou de uma hora na academia, o humor melhora, a energia flui e você segue o dia ainda mais animado do que quando acordou. O que até a ciência explica, aliás: a atividade física libera endorfina, substância relacionada ao prazer, e que acaba compensando aquelas dorzinhas pontuais que podem aparecer.

De todo modo, é imprescindível que encontre uma atividade que te agrada. Não curte corrida? Beleza, pode tentar pilates. Ou então futebol. Muay thai. Vôlei. O importante é não ficar parado, independente da atividade. Já a musculação, é uma excelente aliada para qualquer atividade física: fortalece a musculatura e garante uma evolução mais segura em outros esportes, e, por isso, complementa bem a maioria das atividades físicas. Procure seu personal, o professor da academia ou até mesmo sua nutricionista: o importante é planejar um esquema de treino e dieta eficaz, de acordo com as suas necessidades.




Para garantir o êxito da dieta, é necessário realizar trocas. Não dispensa um docinho depois do almoço? Experimente trocar a barra de chocolates por uma fruta, ou o salgadinho frito por uma opção integral. Na maioria das vezes, os produtos industrializados devem ser evitados na sua dieta. Mas se o tempo e a praticidade não permitem, recorra a eles como aliados, e não inimigos: até a quantidade dos amados cookies deve ser moderada.

Além disso, opte sempre por uma alimentação o mais natural possível, e, de preferência, orgânica. O tratamento que é conferido a esses verdinhos que a gente coloca pra dentro também reflete na saúde da pele, do cabelo, da unha.. E acredite: até nos lugares mais improváveis é possível fazer escolhas saudáveis. Sabe aquele fast food que todo mundo ama? Então, lá também existe salada. Ou aquele restaurante à quilo na hora do almoço, o churrasco da turma ou o almoço de domingo, em família: Em todos esses lugares é possível encontrar uma opção mais leve e igualmente saborosa. De todo modo, não deixe nunca que a dieta aprisione você, e sim torne-se sua aliada: Aprecie, curta e experimente receitas novas, para não enjoar tão cedo dos seus novos hábitos.



Tudo na vida é baseado no equilíbrio. Assim como as relações sociais, os estudos ou o trabalho, a dieta e as atividades também devem ser equilibradas, de modo a garantir que o corpo não fadigue, os resultados sejam positivos e o interesse e a motivação não sejam abalados. Por isso, saiba lidar com os offs. Ganhou um bolo de aniversário? Ok, experimente. Um convite para o happy hour, por que não? Só não deixe que a dieta sirva de pretexto para afastá-lo do mundo, da companhia de seus amigos e, principalmente, de momentos inesquecíveis que merecem e devem ser vividos.

Mas também é fundamental saber lidar com esses momentos e equilibrá-los no meio de uma rotina de dieta. Exagerou ontem à noite? Ok, compense com refeições mais leves no dia seguinte e um pouco de aeróbico. Só não deixe de comer, nunca, nunquinha: Isso pode ser ainda pior do que comer besteira. As besteiras, aliás, programadas para, por exemplo, 1 vez na semana, podem até ajudar a emagrecer! Isso ocorre porque, dando um "susto" no organismo, ele tende a voltar ainda mais acelerado - e, além disso, depois do off, as pessoas geralmente voltam bem mais motivadas para as suas atividades. E dá-lhe suor!



Essa talvez seja a mais clichê, mas é também a mais importante das dicas: estar feliz e otimista com a sua dieta e o seu treino são os maiores potenciadores de qualquer motivação, e é isso que vai te manter firme e forte na dieta e nos treinos. Para isso, não abra mão de momentos descontraídos com quem você ama, relaxe nos fins de semana e procure atividades de lazer ao ar livre: o contato com a natureza pode ser mágico e revelador. Além disso, não fique obcecada com o projeto e não trace metas ambiciosas demais, seja realista e respeite seu corpo e seu ritmo: os resultados aparecem, só é preciso dedicação e paciência - coisas que, depois dessas dicas, tenho certeza que você tem de sobra.


Espero encontrar com cada uma de vocês nas ciclovias, praças e academias da vida, correndo, pedalando ou simplesmente sendo feliz com aquilo que a gente gosta - e o melhor, satisfeitas com as mudanças que vêm promovendo e positivas com os resultados: Tudo chega na hora certa, e compensa. Boa sorte!

Beijinhos, Jú.

You May Also Like

0 Opiniões sobre