Um dia em Genebra

by - domingo, outubro 04, 2015


Jardin Anglais preparado para as Fêtes de Genève
Durante um intercâmbio, você não tem muita oportunidade para pensar duas vezes. Ou vai ou fica, experimenta ou desiste: muita coisa que acontece é uma oportunidade única, principalmente para quem não fica tanto tempo assim - só fiquei em Paris durante um mês, estudando. 

E Genebra, para mim, foi assim: uma oportunidade única. Uma loucura, na verdade, e até agora lembro das advertências dos meus amigos, ainda em Paris: você é louca, vende essa passagem. Não vendi. Na loucura e na curiosidade, fui para Suíça e voltei no mesmo dia

Na verdade, a loucura tem todo um contexto ainda maior - no dia anterior, tinha ido para a Disneyland e, obviamente, estava muito, muito cansada. O pior? Precisava estar cedo do dia seguinte já na estação, bolsas à postos para embarcar nessa aventura até o país do chocolate. Cansativo foi, mas muito, muito recompensante. E já vou te mostrar o porquê:


Em primeiro lugar, ir para a Suíça a partir de Paris é ridiculamente fácil. Basta comprar um bilhete de trem TGV, e para isso aconselho a companhia SNCF,  absoluta na França. Existem várias lojas espalhadas por toda a cidade e até mesmo nas estações, e você pode também comprar o bilhete antecipadamente online. Dê uma olhada nas datas e horários, pesquise bem, para aproveitar boas oportunidades de promoções - durante a semana, por exemplo, ou nos horários noturnos, é bem mais barato.

Depois disso - e chegando com um mínimo de antecedência na estação, por favor -, você só vai levar 3h para chegar na Suíça. Passa tão rápido, o trem é tão confortável e a vista tão linda, que você nem vai perceber. Eu juro. Além disso, preste atenção na estação: cuidado com os seus pertences, não esqueça de fazer o "check-in" nas máquinas amarelas ou então se informe com um dos muitos funcionários dispostos no salão. Importante notar, aliás, que os bilhetes só são conferidos dentro do trem, no meio da viagem, então é fundamental guardá-los em um lugar de fácil acesso.

Chegando em Genebra, a cidade é tão pequena quanto encantadora, e percorrer as suas ruas e conhecer seus pontos turísticos, ainda que só em um dia, é uma aventura divertida e prazerosa. E o melhor: você pode fazer tudo à pé. Mesmo!


O Relógio Florido de Genebra

Saindo da estação e seguindo à direita toda vida, logo logo você estará na Pont du Mont-Blanc, a principal ponte da cidade. Antes disso, no entanto, aproveite a casa de câmbio localizada dentro da própria estação para trocar alguns euros por euros suíços, investimento que vale a pena, apesar das moedas serem muito parecidas (aproximadamente 1 por 1).

E uma vez atravessada a ponte, é hora da diversão. O Jardin Anglais, onde a ponte desemboca, é um charmoso parque que abriga os principais eventos da cidade, como o Fêtes de Genève, festival de música que tive a oportunidade de conhecer. Além disso, é também no jardim que se localiza um dos principais pontos turísticos da cidade, o Horloge Fleurie, ou relógio florido, um simples e charmoso tributo à cidade, que é conhecida também como a capital mundial dos relógios - marcas como Rolex, Cartier e Omega possuem inclusive lojas-conceito na cidade.

Os cisnes do Le Rhône

Aproveite também para conhecer o Le Rhône, rio que corta a cidade e que possui alguns dos cisnes mais lindos que já vi em toda a minha vida. Mesmo, é uma coisa paradisíaca. Os barcos dispostos no cais, a água cristalina e toda a orla de Genebra são um convite para a contemplação. Com certeza, um dos lugares mais bonitos que já visitei.

Depois disso, é hora de subir. Atravessando a Rue du Rhône (a mais importante rua de comércio da cidade), e subindo por uma das suas ruas transversais até a Rue de la Madeleine, você chegará, finalmente, à cidade velha de Genebra, a origem do protestantismo onde morou, por muitos anos, João Calvino, um dos seus maiores fundadores. Completamente diferente da cidade nos arredores do rio, a cidade velha é incrível, linda e muito, muito charmosa. Mas conhecê-la profundamente já é assunto para o próximo post. Até lá!



You May Also Like

0 Opiniões sobre