Blábláblá

by - quarta-feira, maio 18, 2016

Basta alguns dias longe do blog para eu morrer de saudades. Isso porque escrevo aqui há tanto tempo, e gosto tanto de compartilhar dicas, opiniões e assuntos com vocês, que sinto a maior falta de não comentar tudo aquilo que me surpreende no dia a dia, lugares que conheci, exposições que visitei. Escrevendo aqui, além de registrar boas memórias, também tem lá sua função social: ajudar alguns leitores a descobrir, por exemplo, eventos e lugares bacanas para conhecer na cidade :)

E para começar esse post - uma espécie de "blábláblá" intuitivo sobre o que tem de bacana por aí - nada melhor do que falar de exposições, não é? E olha só que o Rio tem duas opções imperdíveis:

 A exposição da Patrícia Piccinini, por exemplo, no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB) é uma das mais impressionantes que já visitei esse ano. Com obras de um realismo surpreendente e enigmático, Patrícia nos leva a questionar os limites da ciência e dos avanços da genética, a forma como nos relacionamos com as nossas descobertas científicas e os efeitos que isso pode ter a longo tempo. Para isso, traz personagens que mesclam tanto os nossos ancestrais históricos como projeções imaginárias da artista, em uma confusão que, à primeira vista, perturba os olhos - mas logo, logo, encanta.  Nas palavras de Goethe, como Patrícia mesmo cita: "A beleza é um visitante bem-vindo em qualquer lugar".

Além dessa exposição, vale a pena também dar uma passada no Oi Futuro Flamengo e conferir a amostra "Amor", com produções audiovisuais de artistas mulheres do leste europeu, a sua maioria abordando temáticas como o feminismo e a homossexualidade. O plano de fundo político desses países, que está intrinsecamente ligado às artistas, enriquece ainda mais as produções e nos faz repensar conceitos importantes, ampliando as perspectivas para o outro lado da Europa.


Por fim, vale a pena registrar aqui também que o VesteRio rolou na última semana, e eu não pude deixar de conferir a iniciativa da Vogue e do caderno Ela (O Globo). O evento reuniu várias marcas cariocas em um grande outlet e, além disso, contou com palestras (abertas ao público!) de especialistas no ramo da moda. Além disso, vários foodtrucks deram uma turbinada na Marina da Glória, espaço do evento. Mal posso esperar pela próxima edição!

Para bater perna por lá, escolhi o meu mais novo vício: as sandálias Flox V da Melissa. Confortáveis, pesadas e estilosas: acreditem, não é jabá. Eu amei mesmo! Para completar, saia lápis listrada da Zara, cropped com gola alta (tô amando!) da H&M, jaqueta da Primark e bolsinha da Victor Hugo. A produção não poderia ser mais a minha cara - e ficou mega confortável para o evento.

Aproveitando o post, trago pra vocês também um look que usei semana retrasada, para uma festinha com as amigas: o macaquinho de couro fake é da H&M e a jaqueta, antiguíssima, da Aquamar. Adoro esse toque descompromissado que a jaqueta amarrada na cintura dá. Vocês curtem? Ou preferem ela no ombro, como no primeiro look - a la blogueira? rs

Duas maneiras diferentes que mudam toda a atmosfera do look. Bacana isso, não é?

Enfim! Sempre bom matar a saudade desse cantinho aqui :)

Até logo,
Jú.

You May Also Like

0 Opiniões sobre