[Paris]: Museu Yves Saint Laurent

by - sábado, março 31, 2018

O ateliê do estilista
O que não falta em Paris são opções de lugares para se respirar moda. Nesse post aqui, por exemplo, eu falo de 5 lugares na cidade que são imperdíveis! E olha só que notícia boa: desde outubro do ano passado, a nossa listinha aumentou com a abertura do Museu Yves Saint Laurent, todinho dedicado à história e à arte do estilista francês.

E que história, viu? Em 2015, eu li o livro Beautiful People: Saint Laurent, Lagerfeld: splendeurs et misères de la mode, que conta a biografia do artista e do seu colega de profissão, Karl, e descobri um pouquinho sobre esse universo louco que é os bastidores da moda. O museu, no entanto, é dedicado ao glamour da carreira do artista, e reúne uma boa amostra das suas principais coleções e criações. 

Além disso, o espaço é lindo, mas não muito grande. Não vá esperando ficar horas entre as criações de YSL. Na verdade, já vi até exposições de moda maiores.


Mas, em geral, a cronologia do museu é muito bem feita e didática, perfeita inclusive pra quem não conhece muito sobre a carreira do artista. Senti falta de suas criações no tempo da Dior, mas tudo bem. A ideia do Museu é investir também em exposições temporárias, então acredito que no próximo ano tenha coisas ainda mais legais por lá.

O Museu também tem uma parte audiovisual interessante, com um vídeo bem emocionante sobre a relação de YSL e Pierre Bergé. Embora a realidade não tenha sido tão linda como é no vídeo (nunca é, né?), dá pra se emocionar! 

Os pretinhos nada básicos de YSL: uma releitura da Dior
O subsolo também tem uma parte audiovisual dedicada ao processo de criação da maison, mas infelizmente o museu tava tão cheio, mas tão cheio (como eu acredite que vá ficar durante todo esse ano...), que só consegui assistir um dos vídeos. 

De qualquer maneira, a parte mais emocionante do Museu é realmente o ateliê do artista, que parece estar completamente intocável desde a sua morte. De arrepiar!

O inigualável navy de YSL
A influência de Marrakech na criação do artista, suas criações homenageando diferentes momentos da história da moda e seus icônicos vestidos em homenagem a pintores celebres, como Mondrian, também estão no Museu - sorte a nossa! ♡

E como já diria o estilista: La mode passe, le style reste. (a moda passa, o estilo fica). E não é? 😍

Se você ficou com vontade de ir, anota aí: ele fica bem no início da Avenue Marceau, a poucos metrôs da estação Alma Marceau (linha 9), e está aberto de terça à domingo, das 11h às 18h (na sexta ele só fecha às 21h!). A entrada custa 10 euros e você pode comprar aqui 😊

Até a próxima!

You May Also Like

0 Opiniões sobre